Siga-nos:  iconFaacebook  iconTwitter   iconInstagram  iconYoutube   iconPinterest  iconFlikr   iconGplus

O modelo sacerdotal

1 Samuel 1 - Havia um homem da tribo de efraim, chamado Elcana, que vivia na cidade de Ramá, na região montanhosa de Efraim. Ele era filho de Jeroão, neto de Eliú, bisneto de Toú e trineto de Zufe. 2Elcana tinha duas mulheres, Ana e Penina. Penina tinha filhos, porém Ana não tinha. 3Todos os anos Elcana saía da sua cidade e ia a Siló a fim de adorar e oferecer sacrifícios ao Senhor Todo-Poderoso. Hofni e Finéias, os filhos de Eli, eram sacerdotes do Senhor Deus, em Siló. 4Cada vez que Elcana oferecia o seu sacrifício, ele dava uma parte para Penina e outra para todos os seus filhos e filhas. 5Mas para Ana ele dava duas vezes mais. Elcana a amava muito, embora o Senhor não permitisse que ela tivesse filhos. 6Penina, sua rival, provocava e humilhava Ana porque o Senhor não permitia que ela tivesse filhos. 7Isso acontecia ano após ano. Sempre que iam ao santuário do Senhor, Penina irritava tanto Ana, que ela ficava só chorando e não comia nada. 8Um dia o seu marido Elcana lhe perguntou:– Ana, por que você está chorando? Por que não come? Por que está sempre triste? Por acaso, eu não sou melhor para você do que dez filhos?

Temos 3 modelos aqui que representam o modelo atual sacerdotal: 
PRIMEIRO: Eli, velho cego e surdo. Hofni e Finéias eram adúlteros e ladrões. Eles representam a igreja ultrapassada, velha e com seus filhos ladrões e adúlteros, buscando seus próprios interesses e sem a visão de Deus. 

SEGUNDO: Outro modelo é o de Ana. Ela não tinha filhos porque Deus não permitia que ela tivesse filhos, mas era insatisfeita com sua condição. Todos os anos se prostrava diante do Senhor e pedia: Senhor dá-me filhos. Este é o modelo de igreja uma igreja insatisfeita com a esterilidade. 

TERCEIRO: E o outro modelo é Samuel, que será gerado a partir da geração do avivamento que será honrada apesar das dificuldades. Este é o ano desta igreja que nasceu por vontade de oração e jejum que trouxe a este mundo a geração de Samuel, uma geração santa em meio ao pecado que como resultado das lágrimas e choro pedia filhos ao Senhor. Esses filhos nascerão nesta igreja. Questionava Deus por que uma igreja tão pequena com 13 anos de ministério. Com 10 anos de ministério queria uma igreja com 10 mil membros. Ficava sendo traído, caluniado, sendo humilhado como Ana.

A rival de Ana a humilhava porque não tinha filhos. Ela não tinha filhos porque Deus não queria. Não chegamos aos 10 mil membros porque Deus não quis. Deus cerrou nosso útero espiritual até 2009. O mesmo Deus que cerrou o ventre de Ana foi o mesmo que abriu, e aquela que não tinha filhos deu mais filhos que outra. 

Este é o Tabernáculo, nossos filhos não serão como os de Penina, mas como os de Ana que desde o ventre serão selados para serem espirituais. Deus já está gerando células que você nunca viu. 
Comece a orar como Ana consagrando os filhos que virão na célula ao Senhor para ele com exclusividade. Até ontem não entendíamos. As pessoas pensavam que eram donos de seus filhos, os filhos de Penina. Queremos os filhos de Ana, uma geração que servirá ao Senhor desde o dia do seu nascimento até o dia da sua morte. Essa geração começará a nascer na Igreja. Chegou a nossa vez. Foram anos e anos de oração pedindo filhos. 2010 o nosso Samuel vai nascer. A humilhação vai acabar. A frustração, o choro, porque o Senhor vai honrar e operar. Não entendemos quando fazemos tudo certo e somos humilhados. Se quisermos ser santos precisamos gerar filhos santos. 

Ana significa cheia de graça e compaixão e por que alguém assim passaria tanta humilhação e vergonha. O que Deus queria de Ana? Deus trará uma geração que adora ao Senhor não só de lábios, mas a geração de Samuel que terá o zelo profético será sacerdote e juiz como Samuel. É isto que nascerá em 2010 neste lugar. Ele trará uma geração maravilhosa para este lugar. Ele irá nos surpreender. 

Deus vai matar muitos pastores este ano. Ano de muita morte de pastores. Não fique surpreso. Assim como Eli e seus filhos foram mortos Deus causará um reboliço nesta Nação. Eles serão mortos. 
E Deus levantará uma Igreja que fará a diferença como uma geração santa, e quem permanecer verá a grandiosidade de Deus através do ano apostólico de Samuel e da santidade ao Senhor. Por que Deus quer que sejamos santos? Porque quando olha para a Terra, ele não vê Obama, Lula, mas quando olha vê os seus santos aqui na Terra. A glória de Deus não anda com crentes, mas com os santos. 

A Terra está cheia de crentes, mas quando olha para ela olha para seus santos, pois tem prazer de andar com eles. É o ano de santidade ao Senhor. Vamos gerar um clima de santidade através da santidade que Deus vai gerar em nós. Deus terá prazer de entrar em nossas casas em nossos trabalhos, e em todo o lugar, porque seremos santos e os santos trazem a glória e o prazer de Deus na Terra. Vamos viver isso. 

Em 2010 a santidade do Senhor irá nos santificar, e eu serei santo como o Senhor é santo e isto fará a diferença aqui na Terra. Se algo não tinha acontecido na sua vida até hoje, Deus está gerando tudo agora através da santidade em você.

Porque Somos Tabernáculo

Tabernáculo significa tenda ou templo portátil. Foi construído por Moisés sob a orientação de Deus quando ele esteve no Monte Sinai – Ex 24.15-18. O Tabernáculo era um local consagrado para o culto a Yahweh, um local móvel que era montado e desmontado no deserto de acordo com a movimentação do povo de Deus. Continue lendo...

Contato

Galeria de Fotos