Siga-nos:  iconFaacebook  iconTwitter   iconInstagram  iconYoutube   iconPinterest  iconFlikr   iconGplus

O Dia de Pentecostes

Comemoramos no calendário bíblico, a Festa de Pentecostes. O Pentecostes não nasceu em Atos capítulo 2. A Torá já instruía sobre o Pentecostes. Deteuronônio fala da festa das semanas. O nome Pentecostes não é um nome hebraico e sim grego. Penta vem do número cinco. Pentecostes vem de 50 dias, ou seja, 7 semanas de 49 dias, a partir do dia seguinte, ou 50, vinha o Pentecostes, por isso era chamada festa das semanas, ou da Torá, ou da Colheita. Ali se dava início à colheita. Os primeiros frutos colhidos eram levados aos sacerdotes para seu suprimento e sustento, tanto quanto aos levitas. Os primeiros frutos eram consagrados ao Senhor e entregues ao sacerdote e durante 7 semanas eram realizadas as colheitas e no dia seguinte das sete semanas era realizada a Festa de Pentecostes.

Foi neste período que Moisés recebeu a Torá, a Lei. Passou a ser considerada a Festa da Torá. Em Pentecostes o Povo de Deus recebeu a Torá. Esta festa já se realizava a milhares de anos antes de Atos 2. Ela tinha uma mensagem e passa um ensinamento para todos nós.

Em Atos 2, em Jerusalém, reunidos debaixo da ordem de Jesus Cristo, aguardavam o Espírito Santo. A ressurreição de Yeshua se deu no primeiro dia dos cinqüenta dias. Yeshua saiu da terra, representando o melhor fruto do Eterno trazido à humanidade.

At 1.4ss – O apóstolo diz que Yeshua depois da ressurreição foi visto por várias pessoas por 40 dias. Tudo na vida se muda aos 40. 40 é mudança de ciclo, de fase. Yeshua passa 40 dias ressurreto e neste dia reúne seus discípulos e diz que enviará o Espírito Santo e sobe ao Pai, após 10 dias desce o Espírito Santo, o Consolador sobre sua Igreja. Isso é Pentecostes.

Quando no AT falava-se do Pentecostes e sua colheita, nem terra aquele povo possuía, isto era um ato profético. Quando se fala de Pentecostes pensamos em línguas, sapateados e profecias. Também é, mas há um mistério nisto tudo e isto tem um grande valor para a Igreja.

Nós saímos do Egito, fomos tirados do fermento do pecado. Há cinqüenta dias atrás celebramos a Festa da Páscoa e hoje celebramos a Festa de Pentecostes. A mensagem da Páscoa é ser livre do Egito, e a do Pentecostes são 50 dias depois estar dando frutos. Tem gente que tem cinco anos de igreja e ainda diz que é novo convertido. Com cinco anos tem que estar maduro, ter discípulos, ter células. A partir da nossa morte e ressurreição, temos 50 dias para começar a dar frutos. Em 50 dias já temos que trazer frutos ao Senhor.

E o nosso primeiro fruto é: ARREPENDIMENTO. E o primeiro fruto é apresentado dentro da nossa família. O fruto do arrependimento é o fruto da primícia, que tem de ser apresentado dentro de nossa casa. Arrependimento é o meu primeiro fruto. Isto é Pentecoste.

Eu preciso crescer em amor, fidelidade e santidade.
Sete dias depois da Páscoa, vivemos as primícias. 
A visão é isso: conversão, Encontro, Escola de Líderes, Reencontro. Nove meses depois, você já é um líder de células.
Isso é colheita, é trazer a pessoa para a experiência do Pentecostes, para Yeshua.
O novo nascimento foi o marco, agora precisamos continuar crescendo até dar frutos. Não podemos simplesmente estar na igreja usufruindo das bênçãos. Você foi livre e liberto para servir ao Senhor. Nós temos o Espírito do Eterno em nós e isso nos faz conquistar as almas para Jesus.

7 dias depois da Páscoa, estamos no início de Pentecostes. A festa de Pentecostes tem o objetivo de nos levar a um outro nível espiritual.

Yeshua quando ascendeu aos céus tinha 11 discípulos. 11 não é governo. 12 é governo. Autoridade e governo só acontecem com 12. Pentecostes só acontece com 12. Pedro viu que 11 não trariam o Pentecostes e decidiu fechar o Governo, escolhendo Matias para substituir Judas, através do Urim e Tumim (pedras sacerdotais, a estola sacerdotal). Fechou os 12, fechou o Governo. No dia seguinte desceu o Espírito Santo. A partir daquele dia os discípulos não foram mais os mesmos. A partir daquele dia, eles estavam lá celebrando o Pentecostes quando o Espírito desceu e nunca mais a vida deles foi a mesma. Quando eu recebo um novo nível de unção a minha vida não é a mesma. Somente os que são consolidados servem ao Senhor. Quando o Senhor for consolidado no nosso espírito sentiremos compaixão pelas almas. Iremos chorar por eles, por nossa família. Hoje Deus nos dará um novo nível de unção. Pentecostes é fogo. Fogo do Espírito Santo, trazendo unção, ministério, respaldo, autorização, capacidade para o meu ministério.

A Torá diz que eles passariam a foice e que entregariam segundo aquilo que o Eterno os abençoaria. Tudo aquilo que eu ofertar ao Senhor será como resultado daquilo que Deus tem trazido sobre a minha vida. Em Pentecostes todos ofertavam.
Hoje todos deveriam estar aqui. Precisamos saber primeiro o que é Pentecostes antes de dizermos que somos pentecostais. Pentecostes está relacionado a frutos, a colheita, a morte, a ressurreição, a unção. Se você não vive ressurreição e não dá frutos, não adianta falar línguas e sapatear. Isto é fácil. Queremos ver pessoas transformadas ganhando almas para Jesus. Deus quer saber do nosso fruto. Pentecostes significa que ninguém comparecerá diante de Deus de mãos vazias. Pentecostes é colheita, são frutos, é unção.

Atos 2 – Os 12 estavam completos, mas faltava o selo. Governo de 12 sem o Espírito Santo não funciona. Espírito Santo, neste dia, eu quero unção para ter os meus 12. Neste dia estamos recebendo a unção de Pentecostes para ter 12. 12 sem unção, sem pentecostes, sem respaldo do Espírito Santo, não funciona. Pode até ficar reunido, mas só funciona quando vem o selo, o Espírito Santo. Satanás não pára um Governo cheio do Espírito Santo. O nosso Governo é respaldado pelo Espírito Santo e ninguém irá nos parar. Quando a unção desce ninguém segura.
Muitos vão ver o que Deus está fazendo aqui, mas não vão comer do banquete, vão lamber os beiços. Deus está trazendo a bênção. Ultrapassamos o nosso alvo de células. O nosso alvo de células até 30 de junho de 2008 eram 100 células, e hoje, dia 07 de junho, ainda, passamos das 140 células. Deus está fazendo.

Estamos na cidade do pão. Não vá para Moabe, traz maldição, são descendentes de Ló. Descendente de Ló não presta. Não vá para Moabe. Não saia do seu lugar, porque daqui a pouco vem o milagre. Estamos pagando o preço dobrado por estar aqui neste ministério. Viveremos o milagre de Deus. Vale a pena chegar em 2010 e ver as 4800 células que teremos.

Pentecoste é algo divino. A Torá é algo divino. Por isso os discípulos estavam reunidos no Pentecostes celebrando a Torá. Pentecostes é fogo. Todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Quem dá as línguas é o Espírito Santo. Quem é o mais importante: o dom de línguas ou quem dá o dom de línguas? Você tem o Espírito Santo, então tem tudo dentro de você. É só crer, e Ele fará. Não merecemos nada. Somos miseráveis. Por isso precisamos nos humilhar e quebrantar, para que a Casa do Espírito Santo, o nosso corpo, seja agradável a Ele e Ele se alegre. É isto que Deus tem para a Igreja.

Exatamente quando os discípulos celebravam a festa da Torá é que eles recebem o Batismo com o Espírito Santo e vão para outro nível. É quando Pedro começa a pregar e quase três mil almas se convertem neste dia, por causa do novo nível de unção que eles começaram a viver. Depois o crescimento aconteceu. A história continuou... Os atos do Espírito Santo começaram a trazer um vinho novo desconhecido até então.
Quantos querem esta unção na sua célula?

Tem muita gente sem Jesus e muita igreja sem crente, porque as igrejas não querem ganhar as vidas para Jesus, mas querem as vidas que já tem Jesus, e para isto mentem, falam mal uns dos outros. Não sabem o que estão fazendo. As pessoas falam mal das igrejas para tirar as pessoas de lá, espalhando fofocas. Deus tem um povo apostólico, que nos dará, e que ainda não é crente, está lá no mundo. São essas pessoas que nós queremos. Queremos cada ímpio que ainda está no mundo para Jesus.

Jesus precisou subir para que 10 dias depois o Pentecoste acontecesse. Logo depois do Pentecoste Pedro começa a pregar e acontece uma grande colheita. Pentecoste é colheita. Era uma multidão porque não se podia mais contar. E a cada dia Deus ia acrescentando à Igreja os que iam sendo salvos. E eles se reuniam nas casas e no Templo. Era lá que estavam às multidões.

O melhor privilegio para nós é ter em nossa casa uma célula. Toda célula é útero gestacional. Quando o Pentecoste acontece começam a nascer os filhos. Nossa célula é um útero gestacional que gerará filhos espirituais. Chega a hora que o filho é gerado e o momento em que ele começa a caminhar. Quem gera a vida na célula é o Espírito Santo. O Espírito Santo está sobre a minha célula, gerando no meu útero gestacional, multidões. Níveis de excelência. Níveis de multidões.
Colheita, células é resultado de Pentecostes. Eu sou resultado, fruto, de Pentecostes.

Porque Somos Tabernáculo

Tabernáculo significa tenda ou templo portátil. Foi construído por Moisés sob a orientação de Deus quando ele esteve no Monte Sinai – Ex 24.15-18. O Tabernáculo era um local consagrado para o culto a Yahweh, um local móvel que era montado e desmontado no deserto de acordo com a movimentação do povo de Deus. Continue lendo...

Contato

Galeria de Fotos